Composto DETOX

Composto DETOX Desintoxicante 60 cápsulas

Baixe a bula

O Composto Detox da Polisseni é um desintoxicante das vias biliares, hepatoprotetor, remineralizante e anti-oxidante.

R$ 49,00

As atividades farmacológicas da alcachofra são conhecidas desde a antiguidade, sendo já no século 4 a.C. citada como alimento e medicamento. A folha de alcachofra tem como principais componentes químicos os derivados fenólicos, incluindo os ácidos cafeoilquínicos (ácido clorogênico, ácido 1,5 dicafeoilquínico e cinarina), flavonóides (escolimosídeo e cinarosídeo), sesquiterpenos (Cynaroprikrin) em menor quantidade e vários ácidos alifáticos especialmente os hidroxiácidos (ác. láctico, glicólico, málico e hidroximetilacrílico) e foram testadas por inúmeros estudos clínicos.

O extrato de alcachofra é utilizado para tratar problemas de dispepsia (gastrite, meteorismo e flatulência, gastropatia nervosa, cólon irritável, doença do trato biliar funcional), especialmente aquelas causadas por problemas funcionais relacionados com o sistema biliar descendente. Suas folhas possuem propriedades colerética, diurética, hipocolesterolêmica bem como hepatoestimulante e hepatoregeneradora. Relata-se que a cinarina (ácido 1,3 dicafeoilquínico) é a principal responsável pelas atividades colagoga e colerética da droga, entretanto, estudos também demonstraram a importância dos flavonóides, não só na inibição da biossíntese e aumento da excreção do colesterol hepático como também na atividade antitrombótica e anti-arterosclerótica da planta.

A beringela é indicada como Hipocolesterolêmico. A redução do colesterol plasmático ocorre por inibição na absorção do colesterol, por ligação de algum componente da berinjela com sais biliares essenciais na absorção intestinal do colesterol e devido à presença da niacina. A redução do colesterol tecidual esta relacionada à ação antioxidante e a diminuição do colesterol plasmático, a redução da peroxidação lipídica das LDL nativa, oxidadas e da parede arterial provoca uma significativa proteção sobre o endotélio vascular. Os flavonóides extraídos da berinjela atuam como potente antioxidante por diminuírem os níveis das hidroxiperoxidases. O alto teor de fibra presente na berinjela forma um gel no lúmen intestinal modificando a estrutura da mucosa do intestino e aumentando a produção de mucina, que atua com barreira para a absorção de glicose auxiliando no controle do diabetes e do peso corpóreo.

O extrato de cavalinha é obtido das partes aéreas de Equisetum arvensi (Equisataceae). Contém compostos solúveis de silício, taninos, saponinas (equisetonina), flavonoides (isoquercetina, equisetrina e canferol), alcaloides (nicotina, palustrinae outros), vitamina C e minerais (Ca, Mg, Na, F, Mn, S, P, Cl, K, etc). tem ação diurética, hemostática, antiinflamatória e remineralizante. É usada no tratamento de distúrbios genito-urinários e respiratórios. Algumas preparações têm sido usadas no tratamento de doenças cardiovasculares (aterosclerose e hipertensão arterial) e reumáticas. Também é usada como suplemento remineralizante.

O Licopeno é um carotenóide é um pigmento natural carotenóide encontrado em frutos maduros, especialmente nos tomates. Apresenta propriedades antioxidantes prevenindo danos oxidativos nos componentes subcelulares, protegendo-os de alterações degenerativas e da carcinogênese (diminuem reações de oxidação e formação de quinonas). Sua suplementação tem demonstrado efeitos positivos na proteção contra a degeneração macular senil, aterosclerose, e em vários tipos de câncer, em particular o câncer de próstata.

A Silimarina protege a célula do fígado da influência nociva de substâncias endógenas e exógenas. Também demonstraram, em animais, acelerar a regeneração do parênquima hepático pelo aumento da síntese de RNA do fígado. Sua associação com DL-metionina é capaz de reduzir ou impedir a infiltração gordurosa e a cirrose no fígado. Silimarina promove rápida melhora dos sintomas clínicos relacionados a esses distúrbios, incluindo cefaléia, anorexia, distúrbios digestivos, sensação de peso epigástrico, etc. Silimarina auxilia no tratamento de distúrbios digestivos funcionais que ocorrem nas hepatopatias. Atua de forma benéfica como adjuvante no tratamento das doenças hepáticas inflamatórias crônicas. O efeito terapêutico da Silimarina é baseado em sua influência sobre a permeabilidade e a função excretora das células hepáticas, bem como na sua eficiência metabólica. É um potente estabilizador das membranas dos hepatócitos, conservando a sua integridade e a função fisiológica do fígado.

Indicação

• Diurético

• Colerético

• Hiperlipidêmicos

• Antioxidante

• Hepatoprotetor

• Desintoxicante

Apresentação

Alcachofra 100mg+Beringela 100mg+Cavalinha 120mg+Licopeno 2mg+Silimarina 100mg 60 cápsulas

Composição

Alcachofra 100mg

Beringela 100mg

Cavalinha 120mg

Licopeno 2mg

Silimarina 100mg

QSP, 1 cápsula

Modo de usar

1 cápsula 30 min antes do almoço e do jantar

Validade

4 meses

Advertência

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e animais domésticos.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas e crianças sem orientação médica.
9. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
11. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
12. Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

Na presença de gastrite, ulcera gastroduodenal, os taninos e os sais silícicos (em especial o dióxido de silício) da Cavalinha podem irritar a mucosa gástrica. Gravidez e lactação. Disfunção cardíaca ou renal.

Ferreira, A.O. Guia Prático da Farmácia Magistral. 2a ed. São Paulo: Pharmabooks, 2002.

P.R. Vade-mécum 2004/2005.

Almança, C. C. J.; Carvalho, J. C. T. Formulário de prescrição fitoterápica. São Paulo: Atheneu, 2003.

Laudo técnico do Fornecedor

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia.

Conheça nossos fornecedores