Pholia Negra - Ilex Paraguainsis

Pholia Negra - Ilex Paraguainsis Emagrecimento 150mg 60 cápsulas

Baixe a bula

Ilex Paraguainsis (Pholia Negra) é utilizada como coadjuvante natural ao tratamento da obesidade,dando a sensação de saciedade. Antioxidante, Cardiotônico, anti-aterosclerosis.

de R$ 40,00
por R$ 36,00

Descrição

A Ilex Paraguainsis (Pholia Negra) é originária da região subtropical da América do Sul, presente no sul do Brasil,e centro oeste do pais (Mato Grosso do Sul), norte da Argentina, Paraguai e Uruguai. Estudos detectaram a presença de muitas vitaminas, como as do complexo B, a vitamina C e a vitamina D, e sais minerais, como cálcio, manganês e potássio. Contém saponina, que é um dos componentes da testosterona, razão pela qual melhora a libido. Dentre os produtos do metabolismo secundário já relatados para a espécie, pode-se destacar a presença dos ácidos fenólicos, ácido caféico, ácido clorogênico, ácido 3,4- dicafeoilquínico, ácido 3,5-dicafeoilquínico e ácido 4,5-dicafeoilquínico, dos flavonóides rutina, canferol e quercetina, das saponinas triterpênicas derivadas dos ácidos ursólico e oleanólico e das metilxantinas, cafeína e teobromina, sendo atribuídas a estas últimas as propriedades estimulantes da bebida. Existe a errônea afirmação de que a erva-mate possui um efeito negativo no desempenho sexual masculino, todavia a Ilex paraguariensis possui um forte poder afrodisíaco.

Os compostos fenólicos têm grande potencial antioxidante, que no sistema biológico agem através da neutralização dos radicais livres gerados no organismo, que estão associados a diversas doenças como câncer e doenças cardiovasculares.

Indicação

Combate os radicais livres

Cardiotônico, anti-aterosclerosis.

Auxilia na digestão e produz efeitos anti-reumático, diurético, estimulante e laxante.

Auxilia no tratamento da obesidade e doenças relacionadas

Contra a infertilidade e a impotência.

Apresentação

Ilex Paraguainsis 150 mg 60 cápsulas

Composição

Ilex Paraguainsis 150 mg

QSP, 1 cápsula

Modo de usar

Tomar 1 cápsula 1 h antes do almoço e 1 hora antes do jantar.

Contra indicação Não é indicado para pessoas que sofrem de insônia e nervosismo, pois é estimulante natural. Não é indicado para grávidas e lactantes.

Validade

4 meses

Advertência

Advertências
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato com a Polisseni.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
11. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
13. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
14. Pacientes hipertensos, consulte seu médico para uma melhor avaliação.
15. A Pholia Magra aumenta naturalmente a frequência cardíaca e estimula o corpo como um todo, podendo elevar a pressão arterial.

17. ""SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"".

Contra indicação Não é indicado para pessoas que sofrem de insônia e nervosismo, pois é estimulante natural. Não é indicado para grávidas e lactantes.

As referências se encontram em nosso departamento técnico farmacêutico, baseadas nas literaturas e materiais de nossos fornecedores.

Arçari, D. P. Efeitos biológicos do consumo de chá-mate (ilex paraguariensis) frente à obesidade em camundongos. São Paulo, 2009.

Rev. Nutr. Ácidos Fenólicos como antioxidantes. Vol.15 no.1 Campinas. Jan. 2002.

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia.

Conheça nossos fornecedores